Eletrobras e detran discutem estratégias para acidentes envolvendo postes
POR Marcio Augusto
19/12/2016 às 04:23
Eletrobras e detran discutem estratégias para acidentes envolvendo postes

Na última semana representantes da Eletrobras Distribuição Alagoas se reuniram com o departamento Estadual de Trânsito do Estado (Detran/AL) para discutir medidas para punir os motoristas responsáveis por abalroamentos e ações que reduzam os riscos desse tipo de acidente.
 


Os transtornos dos acidentes são gerados tanto para os consumidores, que ficam sem energia quanto para a Eletrobras, que têm dificuldades de identificar o condutor do veículo causador da colisão. “Em regra, o responsável pelo acidente deve arcar com os danos causados na rede elétrica, mas nem sempre a Eletrobras consegue identificar o motorista”, explicou o representante da Distribuidora, engenheiro Ricardo Perel.


Somente em 2015, a Distribuidora teve um prejuízo de quase R$ 500 mil somente com os custos de mão de obra para o trabalho de recomposição da rede elétrica em casos de abalroamentos. Em 2016, esse dado já ultrapassa R$ 330 mil. Por isso, ficou acordado que a Eletrobras apresentará uma proposta para que o Detran avalie de que forma os motoristas podem ser penalizados nesses casos.


DEFENSA – A Eletrobras também apresentou um projeto para a construção de uma estrutura de proteção para os postes, a fim de reduzir os impactos e riscos ao motorista. O plano será analisado pelo Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN), após a entrega de um documento com as informações dos materiais que serão utilizados para a produção da defensa.


O subchefe do Serviço de Estudos e Acidentes e Infrações de Trânsito do Detran, Renan Silva disse que “é importante que as instituições públicas desenvolvam essas estratégias de integração, pois contribuem com a sociedade. Os dados que a Eletrobras trouxe vão nos ajudar a promover a segurança viária e consequentemente ajudará a Eletrobras com a redução desses acidentes”.


No relatório exposto também foi discutido que houve uma redução de acidentes envolvendo postes desde a implantação da Lei Seca. A descoberta da relação reafirmou a importância das políticas públicas realizadas na Distribuidora e no órgão estadual.


 


Fonte: Eletrobras Alagoas