Capacidade instalada de geração elétrica do Brasil atinge 148.555 MW
Crescimento da fonte eólica reafirma compromisso do Brasil na COP 21
POR Laíse Teixeira
26/12/2016 às 10:59
Capacidade instalada de geração elétrica do Brasil atinge 148.555 MW

Da Agência Canal Energia , Operação e Manutenção

 

Em outubro, a capacidade instalada total de geração de energia elétrica do Brasil atingiu 148.555 MW. Comparando-se com outubro de 2015, foram acrescentados no período 9.283 MW, sendo 5.215 MW de geração de fonte hidráulica, 2.980 MW de fonte eólica, 1.087 MW de fontes térmicas e 2 MW de fonte solar.

Entre as fontes renováveis, a fonte eólica foi a que apresentou maior crescimento percentual, atingindo 44% de evolução na comparação com o mesmo mês do ano passado. A capacidade instalada de geração a partir dos ventos é de 9.660 MW, oriundos de 395 usinas eólicas no Brasil. Com o montante atual, a energia eólica já representa 6,5% da matriz de capacidade instalada, o que mostra a gradativa inserção dessa fonte em nossa matriz.

Em relação à produção de energia elétrica, a geração hidráulica correspondeu a 69,1% do total no do país em setembro de 2016, 1,4 p.p. inferior ao verificado no mês anterior. A participação da fonte eólica alcançou 8,0%. Já a participação de usinas térmicas se manteve estável. De outubro de 2015 a setembro de 2016, produção acumulada de energia elétrica no Brasil atingiu 541.306 GWh.

Com relação à expansão no mês de outubro, entraram em operação 394,68 MW de capacidade instalada de geração, 65,0 km de linhas de transmissão e 100 MVA de capacidade de transformação na Rede Básica. Em 2016, a expansão do sistema totalizou 7.745,2 MW de capacidade instalada de geração, 4.137,4 km de linhas de transmissão de Rede Básica e conexões de usinas e 9.247,0 MVA de transformação na Rede Básica.