Conselho Estadual de Política Energética se reúne para debater desenvolvimento da matriz energética de Alagoas
44º Reunião Ordinária do Cepe contou com a participação de representantes do segmento energético do estado
POR Laíse Teixeira
23/03/2022 às 15:45:28, 23/03/2022 às 15:46:54
Conselho Estadual de Política Energética se reúne para debater desenvolvimento da matriz energética de Alagoas

Fonte e foto: Sedetur

Com foco na melhoria e desenvolvimento contínuo da matriz energética de Alagoas, o Conselho Estadual de Política Energética (Cepe) se reuniu, na manhã da última terça-feira (22), no auditório Aqualtune, no Palácio República dos Palmares, para discutir ações para fomentar o desenvolvimento e promover melhorias no segmento.

Essa foi a 44ª Reunião Ordinária do Cepe, que contou com a participação do vice-presidente do Conselho, Allan Pierre; o gerente de recursos energéticos da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur/AL), Bruno Macedo. Também estiveram presentes o Presidente da Equatorial Alagoas, Humberto Soares, o gerente comercial da Algás, Fábio Sousa e o gestor do Sindicato dos Urbanitários, Nestor Powell. Além disso, representantes da Federação das Indústrias de Alagoas (Fiea), da Universidade Federal de Alagoas e do Cesmac e membros da Sociedade Civil.

Durante o encontro, algumas pautas pertinentes ao desenvolvimento da matriz energética de Alagoas foram debatidas, como o Projeto Estado Inteligente Sustentável, desenvolvido pelos pesquisadores Luciene Melo e Antônio Medeiros. Foi ainda discutido o potencial do sistema em Alagoas e sua eficácia na produção de energia limpa.

Para o vice-presidente do Conselho Estadual de Política Energética (Cepe), Allan Pierre, as reuniões do Cepe são fundamentais para fomentar ações para o desenvolvimento sustentável de Alagoas.

“O Cepe é de fundamental importância para Alagoas, uma vez que falar em desenvolvimento é também falar na melhoria do sistema energético do estado, para que possamos produzir mais e de maneira mais sustentável. Tanto o Governo do Estado, quanto empresários e membros da sociedade civil que participam do Conselho, influenciam diretamente na busca pela melhora contínua da matriz energética do Estado, como também na busca de ampliar a utilização de recursos renováveis", explica.

O Cepe

O Conselho Estadual de Política Energética foi criado pela Lei Estadual nº 6.878 e atua como órgão colegiado e consultivo ao Governo de Alagoas. Suas ações são pautadas em assessorar e deliberar a proposição de políticas públicas com foco nas energias em âmbito estadual, integrado ao desenvolvimento regional e nacional.  O objetivo principal do Conselho é acompanhar e planejar a matriz energética de Alagoas, com ênfase no potencial das energias e na integração dos nossos diversos segmentos.