Alagoas expande em 153% uso de sistemas fotovoltaicos em 2020
Valor do ano foi maior que a soma de instalações realizadas entre os anos de 2015 e 2019
POR Laíse Teixeira
03/02/2021 às 11:28:33
Alagoas expande em 153% uso de sistemas fotovoltaicos em 2020

Texto de Letícia Cardoso

Foto Jonathan Lins

Alagoas vem crescendo como um estado que investe e incentiva o uso da energia por meio de fontes renováveis. Apenas em 2020, o número de instalações de sistemas fotovoltaicos (que faz uso da energia solar) foi maior do que o somatório dos últimos 4 anos, alcançando 1.531 equipamentos instalados entre residências, comércio, indústrias e prédios nas zonas urbanas e rurais. No total, são 2.530 sistemas, que representam um crescimento de 153% em relação a 2019. 

Os dados foram avaliados em relatório da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), responsável por regular a geração, transmissão, distribuição e comercialização de energia elétrica, assim como fiscalizar, diretamente ou mediante convênios, as concessões, permissões e serviços do setor. A união desses sistemas resultam em 33,6 megawatts de potência instalada em Alagoas.

O uso da energia solar traz para o consumidor benefícios como economia na conta de luz, pois quando esta fonte é utilizada o que é captado é compensado do valor pago à distribuidora mensalmente, de acordo com a Resolução 482 da Aneel. Um dos consumidores é a empresa Aleplast que atua no ramo de descartáveis para festas, food service, confeitaria, varejos e atacados, em Maceió, no bairro do Tabuleiro dos Martins. A iniciativa surgiu como forma de diminuir o gastos com energia elétrica pela empresa e está em uso há cinco meses. 

“As placas que instalamos em 2020 produzem 75 kW. Essa potência faz com que tenhamos em nossa conta de energia um desconto de 50% a cada mês, então, nós atingimos nosso objetivo. Sem dúvidas, indicamos esse investimento para outras pessoas”, explica Eduardo Alves, gerente administrativo da empresa. 

Entre os benefícios de quem passa a fazer uso da energia solar estão a redução de custos, de poluição, taxas de carbono e baixa necessidade de manutenção. O fomento ao crescimento no uso de fontes de energia renovável em Alagoas é trabalhado pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), através da Superintendência de Energia e Mineração (Suem).

Como recurso para atrair mais pessoas para aderir ao uso de energia renovável, o Governo de Alagoas regulamentou em 2016 uma política pública, por meio de decreto, a isenção do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) na fatura elétrica dos consumidores. 

“Nós temos que prezar cada dia mais por incentivar o uso de energia por meio de fontes renováveis em Alagoas, um estado que recebe uma forte incidência da luz solar durante longos períodos do ano. Nós fornecemos meios aos interessados e facilitamos para que todo o processo aconteça”, explica Caio Uchôa, superintendente de Energia e Mineração da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), responsável por fomentar o setor em Alagoas.