Aneel aprova aumento médio de 8,6% em tarifas da Equatorial Alagoas
POR Laíse Teixeira
27/04/2021 às 18:04:25
Aneel aprova aumento médio de 8,6% em tarifas da Equatorial Alagoas

A diretoria da ANEEL aprovou, nesta terça-feira (27/4) o reajuste tarifário de 2021 da Equatorial Alagoas Distribuidora de energia, que atende cerca de 1,17 milhão de unidades consumidoras em Alagoas. As novas tarifas entram em vigor no dia 3 de maio.

O conjunto de ações tomadas pela ANEEL para mitigar as tarifas, entre elas a conta-covid e o reperfilamento do pagamento do financeiro da RBSE das transmissoras, colaborou para amenizar as tarifas e manter o reajuste em um dígito. Esse trabalho foi realizado com total transparência com os agentes e respeitando rigorosamente os compromissos previstos em contratos.

“A ANEEL e o Poder Concedente, em conjunto com as demais entidades setoriais e em diálogo com as empresas e associações, desenvolveram ações para mitigar parte do aumento tarifário que se observaria neste ano. O objetivo é preservar a capacidade de pagamento do consumidor e, por consequência, a sustentabilidade econômico-financeira da cadeia que compõe o setor elétrico”, disse a diretora Elisa Bastos, relatora do processo de reajuste da Equatorial Alagoas.

O efeito médio da alta tensão refere-se às classes A1 (>= 230 kV), A2 (de 88 a 138 kV), A3 (69 kV) e A4 (de 2,3 a 25 kV). Para a baixa tensão, a média engloba as classes B1 (Residencial e subclasse residencial baixa renda); B2 (Rural: subclasses, como agropecuária, cooperativa de eletrificação rural, indústria rural, serviço público de irrigação rural); B3 (Industrial, comercial, serviços e outras atividades, poder público, serviço público e consumo próprio); e B4 (Iluminação pública).

Mais informações sobre reajustes tarifários podem ser consultadas no endereço eletrônico www.aneel.gov.br, no link entendendo a tarifa, e no aplicativo ANEEL Consumidor, disponível para dispositivos móveis Android ou IOS.

Fonte: ANEEL