Ministro cita aumento de autorizações no setor de gás para mostrar aquecimento do mercado
Autorizações para carregamento, comercialização e importação cresceram em 2020. Expectativa de Albuquerque é que lei do novo mercado seja aprovada no começo do ano
POR Laíse Teixeira
10/01/2021 às 21:56:14
Ministro cita aumento de autorizações no setor de gás para mostrar aquecimento do mercado

PEDRO AURÉLIO TEIXEIRA, DA AGÊNCIA CANALENERGIA, DO RIO DE JANEIRO

De acordo com o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, os pedidos de contratação de serviços de transporte dutoviário de gás natural passaram de média de apenas três até 2018 para 49 entre janeiro de 2019 e dezembro de 2020. O ministro anunciou os números na posse do novo diretor da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis, Rodolfo Saboia, que ocorreu nesta sexta-feira, 8 de janeiro.

Ainda segundo Albuquerque, que espera a aprovação da lei do Novo Mercado do Gás para o começo de 2021, as autorizações para comercialização de gás natural passaram de quatro por ano para 43 desde janeiro de 2020. “O mercado de gás já está acontecendo”, avisou o ministro. Outro número relevante citado pelo ministro foi o das autorizações de importação de gás natural. Somente em 2020 foram publicadas 30 pelo MME, mais do que a soma dos últimos sete anos.

No discurso de posse, Rodolfo Saboia revelou que o acompanhamento do novo mercado de gás será um dos desafios da agência nos próximos anos. Para ele, o mercado de óleo e gás Brasil passa por um momento singular em que paradigmas estão sendo quebrados.